Guest Post: potencialize seus resultados com essa estratégia

Uma das estratégias mais comuns utilizados no mundo do SEO pra conquistar bons links para alcançar um novo tráfego para conversar com um novo público para aumentar a autoridade do seu site são os guest posts. Então, hoje a gente vai aprender que guest posts é muito mais do que simplesmente trocar conteúdos com seu parceiro.

Vamos aprender a fazer esse conteúdo de forma estratégica e como fazer um bom trabalho de link building dentro desses posts para gerar resultados reais.

No post de hoje a gente vai conversar sobre guest post, uma das estratégias mais populares, e claro, eficientes em uma estratégia de SEO, para você conquistar bons links, gerar tráfego, aumentar a sua autoridade, gerar uma maior percepção de marca para novos públicos. Ou seja, o guest posts comprovadamente traz bons resultados.

O que é Guest Post?

Apesar de serem muito utilizados os guest posts nem sempre são feitas da melhor maneira possível. Fundamental pensar que guest post é uma estratégia, ou seja, precisa ser estratégico, não é simplesmente achar um parceiro dentro do seu mercado, dentro do seu nicho e mandar um post para ele postar para você receber links. Não, o guest post é muito mais do que isso.
Para isso, é essencial que você conheça o blog dele, então sempre você acessa, veja os conteúdos que ele posta, pergunta para ele sobre a persona dele, pra você entender muito bem para qual público você está conversando.

Um erro muito comum quando as pessoas vão sugerir um tema de guest post é elas pensarem que estão escrevendo para persona que sempre lê o blog dela. E não necessariamente será, por isso, que é importante você conhecer a persona do seu parceiro, porque o conteúdo vai ser publicado para ela. É ela que vai ler. Então, você precisa conhecer bem o público que você está escrevendo porque, por mais que ele seja um potencial consumidor futuro do seu negócio, você precisa entender que não é a mesma pessoa que já está acostumada a ler o seu blog. Portanto você vai ter que se adaptar àquela linguagem

E não só se adaptar àquela linguagem, o tema que você vai sugerir precisa ser muito estratégico. Primeiro porque você vai conversar com um público novo, então é importante que você mescle o conteúdo que ele já está acostumado a ler, com o conteúdo que você produz, juntando os mesmos dois interesses, tanto o seu quanto o dele, mostrando que eles se relacionam diretamente.

Por exemplo, vamos supor que a gente aqui vai fazer um guest post para o blog de marketing em vídeo. Eu posso fazer uma relação, por exemplo, como usar vídeos dentro de um blog. Afinal, blogs e marketing de conteúdo são temas muito recorrentes dentro do nosso blog, é algo do interesse da nossa persona, e como ele já está interessado em aprender sobre vídeos e fazer marketing em vídeos, combinar o uso de vídeos com o uso de um blog pode ser uma relação muito interessante e aquela pessoa vai se interessar.

Portanto, você já tem um tema bem estratégico para começar com a persona. Além disso, outro fator muito importante é você pensar quais são os principais conteúdos que você quer receber backlinks.

Você não pode esquecer disso, uma coisa comum é, às vezes, a pessoa fazer uma sugestão de guest post e depois, quando ela vai enviar para o parceiro, na hora de fazer a linkagem, ela não tem onde fazer o link. Isso já vai corresponder quando você vai pensar no tema do artigo. Você já tem que pensar nos links que você quer fazer, quais são as principais páginas que você quer receber, ou tráfego ou autoridade, e fazer um bom trabalho de linkagem na hora da sugestão.

Por exemplo, você tem uma empresa de automação de marketing e quer melhorar o seu ranqueamento para a palavra-chave “e-mail marketing”. E você tem um parceiro de guest post que é dono de um e-commerce, a persona dele é dona de um e-commerce. Então, você pode sugerir o conteúdo para ele “a automação de marketing para e-commerce” ou “como utilizar e-mail marketing dentro de um e-commerce”. Porque você já está pensando no conteúdo que você precisa linkar, que é o de e-mail marketing, você já está sugerindo um tema que faz muito sentido para a persona do blog dele.

Então, você precisa pensar nos conteúdos que você vai linkar, e não só isso. Quando você sugere um tema, por exemplo, automação, você além de linkar para o e-mail, você pode linkar para automação de marketing, para marketing de conteúdo, porque é um conteúdo que vai encaixar ali e você vai ter outras oportunidades de enviar para outros conteúdos.

Criando um Guest Post

Decidiu um bom tema? Produziu um conteúdo de qualidade? Agora é a hora da gente fazer um bom trabalho de linkagem.

Quando você vai fazer os backlinks dentro do conteúdo, é muito importante você pensar que existe uma hierarquia dentro dos links que você faz ali dentro. Ou seja, o primeiro link é o que recebe maior relevância, o segundo link é o que recebe mais relevância depois do primeiro, e assim sucessivamente. Então existe essa hierarquia, portanto, priorize o link mais importante para você mais no topo da página, mais no início do conteúdo e coloque ele como o primeiro link. Nunca coloque um link que não é o mais relevante dentro daquele conteúdo como o primeiro do texto, porque como eu falei, existe uma hierarquia e você quer pegar mais autoridade com o seu link principal.

A linkagem do guest post precisa ser estratégica, então não é simplesmente porque você mencionou “Instagram”, “suplemento”, “empreendedorismo”, que você vai fazer o backlink para esse conteúdo. Porque você vai colocar muitos links e pode ficar um trabalho de linkagem ruim. Então, o ideal é que você faça os links estratégicos realmente pensando quais páginas você quer linkar e se adaptando, claro, ao número de links que o seu parceiro vai permitir você usar dentro daquele conteúdo. Então, o trabalho de linkagem é muito estratégico.

Depois de definir os links que você vai fazer, chega numa parte essencial dos guest post, que são os textos âncora que você vai utilizar. Esse é um tema que vai gerar até um pouco de polêmica, primeiro você precisa pensar muito bem se você quer conquistar tráfego ou autoridade com aquele texto âncora.

Quando você faz um texto âncora, o Google vai interpretar que aquele trecho é o que corresponde exatamente à busca que uma pessoa faria. Ou seja, você linkar para suplementos, o Google vai entender que aquele conteúdo que está sendo linkado vai responder à busca “suplementos”. Então vai passar uma autoridade direta para essa palavra-chave. Portanto, você está proibido, nunca faça isso de usar texto âncora como, por exemplo, “clique aqui”, “veja este conteúdo”, nunca faça isso, depois você vai procurar “clique aqui” no Google e vai ver como que é uma página de resultados bem estranha, porque muitas pessoas nesse texto âncora, então dá até uma ideia de que uma pesquisa confusa, que as pessoas não sabem muito bem o que elas querem quando elas procuram “clique aqui”.

Então, quando você faz um texto âncora com a palavra-chave direto, você vai mostrar para o Google exatamente que aquele conteúdo corresponde àquela palavra-chave diretamente. Então, o ideal é que você use uma palavra-chave ou uma variação dela, isso quando a gente está pensando em ganhar autoridade e melhorar ranqueamento dentro do post.

Então, se a sua ideia é gerar maior tráfego, o importante é que você sabe fazer um bom cta dentro do conteúdo. Por exemplo, vamos supor que você está falando sobre a criação de uma persona. O ideal é que você faça o cta, por exemplo, “aprenda aqui com criar a sua persona”. Então, aquilo já vai atrair melhor um clique, porque a pessoa vai ler e saber exatamente o que ela vai e não simplesmente colocar um link no texto âncora “persona”.

Então, quando a sua ideia for a geração de tráfego você precisa pensar nisso, a sua chamada você precisa fazer como se fosse um cta ou algo que vai despertar o interesse maior em clique e não simplesmente a palavra-chave.

A mesma coisa você vai fazer quando quiser mandar para uma oferta, por exemplo, o material rico. Quando você faz o guest post, o ideal é que você use mais pro final do conteúdo e não fique fazendo chamadas para materiais ricos no meio do conteúdo. Isso pode gerar um certo desconforto até quando o parceiro vai postar o conteúdo no blog dele. Então, o ideal é que você faça dessa maneira também, com uma chamadinha com o texto âncora que vai atrair mais clique como, por exemplo, “aprenda aqui o guia completo sobre criação de personas”. Alguma coisa que vai despertar esse interesse no clique e vai levar ela para aquela página.

Porque quando a intenção é clique, você precisa fazer um texto chamativo um texto que atraia clique, mas aí não seria o texto ao ideal, por exemplo, para melhorar um ranqueamento. O ideal ali seria você usar a palavra-chave. Então, o texto âncora é extremamente estratégico quando você quer que os seus guest posts gerem resultados reais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *